thepetcollective

thepetcollective:

Kitten can’t walk but learns with a walker - Tails of Survival

An adorable black and white Kitten with a neurological disorder couldn’t walk, but relearned how to use his back legs by using a walker every day. 
Subscribe to The Pet Collective-Cares http://bit.ly/TPCCARESUB
Website: http://www.thepetcollective.tv
Facebook: http://www.facebook.com/thepetcollective
Twitter: https://twitter.com/petcollectiveTV
Pinterest: http://pinterest.com/petcollectivetv/
Google+: http://gplus.to/thepetcollective

Thumper was rescued out of a yard filled with animals left abandoned and neglected. Thumper would have died for sure, because it was soon discovered, he couldn’t walk because of a neurological disorder. His Foster mom, had a walker custom built for him and it immediately improved his walking. Thumper learned to walk and rehabilitated by some therapy and sessions in his walker every day. After a few weeks, he was running. Now he just needs his forever home. 

=)

Quando é hora de dormir
Já é hora de acordar.

Quando quero ficar acordado
Tenho de dormir porque o dia começa cedo.

Quando perco a hora
Perco junto uma parte do salário.

Quando o salário é muito,
Perco muito da minha vida à toa.

Quando a vida é à toa,
Não tenho trabalho e nem dinheiro.

Quando não tenho dinheiro,
Eu durmo para saciar os sonhos.

CADA VEZ MAIS EU ME GUARDOAPONTO DE SER CAPAZ DE ME ESCONDERATÉ DOS MEUS PENSAMENTOS MAIS NATURAIS.ESTOU A PONTO DE EXPLODIRE FAZER TODA ESSA PAZAFOGADA NO MAR DA TRANQUILIDADESAIR E AFOGÁ-LOS PELO DESESPERO.
ANTES EU NÃO QUERIA,AGORA EU QUERO SENTIR DE PERTOO CALOR DO INFERNO AQUECERMINHAS MÃOS FRIAS.
EU VOU EXPLODIRE NÃO VAI SER POR FELICIDADE.

CADA VEZ MAIS EU ME GUARDO
APONTO DE SER CAPAZ DE ME ESCONDER
ATÉ DOS MEUS PENSAMENTOS MAIS NATURAIS.

ESTOU A PONTO DE EXPLODIR
E FAZER TODA ESSA PAZ
AFOGADA NO MAR DA TRANQUILIDADE
SAIR E AFOGÁ-LOS PELO DESESPERO.

ANTES EU NÃO QUERIA,
AGORA EU QUERO SENTIR DE PERTO
O CALOR DO INFERNO AQUECER
MINHAS MÃOS FRIAS.

EU VOU EXPLODIR
E NÃO VAI SER POR FELICIDADE.

ELA QUIS IR PELO CAMINHO MAIS LONGO
SINISTRA E DETERMINADA FEITO UMA DANÇARINA DE TANGO.

SEU SORRISO ERA RASGADO PELOS GALHOS SECOS
O CORAÇÃO, SOMBREADO DE TREVAS, BATIA VAZIO, EM ECOS.

EIS QUE O LOBO VEIO E A ENCAROU
ELA, TÍMIDA, FICOU VERMELHA E SE ENTREGOU.

NAQUELA NOITE, NEM A LUA FICOU MAIS CHEIA
QUE AQUELE CORAÇÃO.

Ser feliz sem precisar de faz-de-conta.
Vencer o medo da escuridão com uma toalha amarrada no pescoço,
como se fosse uma capa.
Diz que não gosta, mas pedir a Papai do Céu por aquele amor tão puro que é possível ter esperança.
Uma lembrança. Ser criança outra vez.

Aí vem o vencedor, imponente e intimidador aos olhos baixos dos inimigos e admiradores.
Reis o exaltam em festas de três dias.
Magos tocam o seu corpo marcado por lanças, lâminas e terra, em busca de mais poder.
Donzelas, pelas janelas, se acanham ruborizadas enquanto ardem dentro do vestido.
Sacerdotes apontam às estrelas, dizem palavras em línguas estranhas e sacrificam outra criança virgem para o amanhã chegar.
O que ninguém sabia era que o vencedor foi derrotado e estava vivo porque fugiu antes mesmo do covarde.
Viva o nosso herói!